sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O Quarto mandamento

O M A N D A M E N T O - Por Eclayr Gonzalez .

É este o mandamento do sábado, portanto o “supermandamento” da Lei de Deus, como querem certos grupos religiosos, ou mesmo certas religiões “sabatistas”?

Em que língua foi dada a Lei dos 10 Mandamentos de Êxodo 20:3 a 17?

Conforme estudo por nós desenvolvido, intitulado “A Lei”, ficou biblicamente provado que a mesma foi dada no Sinai aos hebreus, o povo de Israel, o povo de Deus. Como ela foi endereçada e dada aos hebreus, e não aos gentios (como nós), sem sombra de dúvida foi escrita na língua hebraica. Não tendo sido dada em português, espanhol, italiano ou francês, não foi escrita na Lei a palavra “Sábado”, a qual só tem como objetivo, identificar ou dar nome ao dia que fica entre a sexta-feira e o domingo. Também não foi escrita em latim (saturne dies), nem em inglês (Saturday), pois ambas significam: “Dia de Saturno”! Segundo a enciclopédia Vikipédia, “a palavra sábado deriva do latim sabbatum, que por sua vez deriva do hebraico sabá e do holandês zaterdag, significando: dia de Saturno”. “Povos pagãos antigos reverenciavam seus deuses, dedicando esse dia ao astro Saturno, o que originou outras denominações (Zaterdag e Saturday)”.

Diante de tal, podemos afirmar que quando falamos sábado, estamos utilizando uma palavra de origem pagã, que nos leva a reverenciar o astro Saturno, levando-nos a transgredir o 2º Mandamento: “...nem alguma semelhança do que há em cima no céu...Êxodo 20:4.

Atenhamo-nos, portanto ao hebraico, língua na qual foi dada a Lei, e façamos toda a apologia ao nome escrito por Deus na Lei dos 10 Mandamentos: Shabat! Segundo a Vikipédia; “Apesar de ser quase universalmente traduzida como descanso” ou “um período de descanso”, a tradução mais literal seria “cessão” de “cessar de trabalho”. Podendo a tradução de “shabat” ser aceita como “descanso”, vejamos como fica o mandamento, com essa palavra, e como toma outro sentido; “Lembra-te do dia de “descanso” para o santificar.(8) Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra(9). Mas o sétimo dia é o “descanso” do Senhor teu Deus...(10). “...portanto abençoou o Senhor o dia de “descanso” e o santificou”(11). Tendo Em vista o aspecto “descanso”, e não o “nome próprio” (sábado), dado a esse dia da semana, analisemos detalhes do 4º mandamento:

1) - Shabat – palavra hebraica que significa “descanso”;

2) - Santificar – Tornar santo. (conforme dicionário);

3) - Seis dias trabalhados - Não semana inglesa de 5 dias ou de 4,5 dias (IASD);

4) - Fazer toda a obra (do período de 6 dias), de maneira eficiente e cabal;

5) - (Após os 6 dias trabalhados); “ ...o sétimo dia é o “descanso” do Senhor teu Deus

6) - Restrições: “...não farás nenhuma obra... (qualquer produção cf. dicionário);

7) - Quem? – “...nem tu, nem teus filhos, nem teus servos, nem teu animal (De . carga), nem teu estrangeiro (visitante);

8) - Porquê ? Resposta: A) – “...em seis dias (Deus) fez... tudo...” . B) – No sétimo dia “cessou”, ou “descansou”, .....

OBS: Apesar de termos o exemplo divino na criação, não foi dada nenhuma ordem específica de guarda do 7º dia, antes de Êxodo 16:22 a 30, por ocasião do início da queda do maná, e também não temos relatos de que os patriarcas o tivessem guardado!

Analisemos aspectos intrínsecos do 4º mandamento: . A) – Trabalhar seis dias - Manutenção pessoal; . B) - Fazer toda a obra - Ser eficiente, cabal e poder dizer como o Criador: “e . eis que (tudo)era muito bom”. Gênesis 1:31. . C) - Descansar () depois de seis dias trabalhados – Refazer energias; . D) - Quem? A família, os servos, os animais, os visitantes (estrangeiros); . E) - Exemplo divino: Deus trabalhou seis dias; . Deus acabou Seu trabalho – Gênesis 2:2 . Deus descansou, e santificou (o 7º dia). Gên. 2:2 e 3.

Que devemos fazer no dia de “descanso: Dormir, comer, ir à igreja e participar dos rituais, passear?

Qual é a verdadeira religião?

Tiago 1:27 esclarece: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta:Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo”. Isaías 58:6, 7 e 10 dizem:Sabes qual é o jejum (Substituamos a palavra jejum por Religião) que eu aprecio, diz o Senhor Deus? “É romper as cadeias injustas, desatar as cordas do jugo, mandar embora livres os oprimidos, e quebrar toda a espécie de jugo. É repartir seu alimento com o esfaimado, dar abrigo aos infelizes sem asilo, vestir os maltrapilhos, em lugar de desviar-se de seu semelhante. ......Se dás o teu pão ao faminto, se alimentas os pobres, tua luz levantar-se-á na escuridão, e tua noite resplandecerá como o dia pleno...”. Bíblia Católica, traduzida dos originais; hebraico, aramaico e grego, edição 1971. Então, não é para dormir, comer, ir à igreja e participar dos rituais de adoração, e depois do almoço, passear etc.? Isto não é guardar o dia do Senhor?

Se a religião verdadeira (pura e imaculada) é: atender aos necessitados, suprindo-os daquilo que lhes falta - seja atenção aos órfãos e viúvas, seja repartindo nosso alimento com os famintos, seja dando abrigo aos “sem teto”, seja vestindo os maltrapilhos; Porque todos ou quase todos os evangélicos, optam pela primeira opção; (manter freqüência às igrejas, tanto os guardadores do sábado quanto os do domingo)? Será por comodismo, por conveniência, ou por não interpretarem corretamente o 4º mandamento? Porque as religiões guardadoras do sábado discriminam ou excluem de seu quadro de membros, ou nem aceitam para ser membros, aqueles que por necessidade de manter-se e também a sua família, por falta de opção de emprego, são obrigados pelas circunstâncias a trabalhar nas “horas sagradas do sábado”? PORQUE ESSAS RELIGIÕES SÃO TÃO CRUEIS? Porque preferem ver seus membros passando necessidades, vivendo de “bicos” ou da caridade, a vê-los bem empregados? “Nessa situação, além de não terem as garantias trabalhistas do Governo (INSS< style="mso-spacerun:yes"> Muitos, por isso ficam sem Aposentadoria e os demais benefícios!” “Esta parte foi colaboração do irmão Alberto Azevedo, de Brasília”.

Notemos que a Lei foi dada aos Hebreus, uma nação emergente, na qual o dia de DESCANSO foi determinado por Lei federal, imposta por Deus para aquele povo! (Confira no estudo elaborado por nós, intitulado A LEI). Quem desejar pode nos pedir, pois teremos prazer de enviar. PERGUNTAMOS: Noé, Abraão, Isaque, Jacó, guardavam o SHABAT? José, como escravo, no Egito, guardava o SHABAT? Daniel e os três hebreus, como estudantes escravos em Babilônia guardavam o SHABAT? Porque eles foram provados na questão IDOLATRIA, e não na questão de um dia de guarda? Onde estão os sermões ou admoestações de Jesus, sobre a guarda do shabat? Onde estão as admoestações de Paulo aos gentios, sobre a guarda do shabat? Porque , quando a cúpula da igreja se reuniu em Jerusalém, para estudar a questão da circuncisão para os gentios, não deram instruções sobre a guarda do shabat, conforme notamos em Atos 15:20, 29 e 21:25? Quem quiser contestar, apresente passagens bíblicas comprobatórias, pois argumentos filosóficos em cima de passagens que não declaram especificamente serão descartadas, assim como fontes NÃO BÍBLICAS.

Os críticos a esta visão, alegam que somos contra o descanso sabático! Não somos contra; apenas não podemos concordar com o sentido de guarda obrigatória, de um dia, sem a necessidade do cumprimento do restante do que o4° mandamento determina para os seis dias anteriores! Isso sem falar de que não estamos no Estado hebreu onde existe um dia no qual é proibido qualquer trabalho servil! Ex. Lev.23:7 e 21.

Alegam os críticos, que segundo nossa visão só o 4º mandamento foi abolido; porque matar, adulterar, furtar, se mantém em vigor! Não é bem assim, porque outros conceitos da Lei existem já nos códigos civis e criminais dos países e se universalizaram, portanto, qualquer cidadão, não apenas pode como deve obedecê-los, o que já não ocorre com os dias de descanso, que em Israel é o SHABAT, noutros países islâmicos é a SEXTA-FEIRA, nos países cristãos, católicos e evangélicos, é o DOMINGO. Isso sem falar na semana inglesa.

O mandamento me manda: 1) - Lembrar & santificar! O mandamento me manda: 2) –Trabalhar seis dias... . 3) – Descansar & santificar no dia seguinte aos seis !

PERGUNTAMOS: Se eu não trabalhar os seis dias anteriores, e guardar . corretamente o sétimo, o SHABAT, estarei cumprindo . o mandamento? CONSULTE SUA CONSCIÊNCIA !

C O N C L U S Ã O: Devemos obedecer ao mandamento no que diz respeito ao shabat (Descanso), mas também temos a ordem: “Seis dias trabalharás...”. Tanto um como o outro são extensivos aos empregados, visitantes (estrangeiros), e até os animais (De carga, é lógico).

eclayrgonzález@hotmail.com eluizgonzalez@yahoo.com.br

9 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Irmão,

Concordo com algumas coisas que você afirmou, hoje, vejo o sábado de uma outra maneira que vinha vendo há pelo menos 5 anos de IASD; mas não acho que o seu argumento seja válido - trabalhar seis dias quaisquer e descansar no sétimo. Pela história vemos que os israelitas ou hebreus e hoje os judeus guardam o sábado (sétimo dia da semana), se assim não fosse, há muito eles teriam mudado isso. Não sei se isso aconteceu? Se eu estiver erra me perdoe; mas penso que os argumentos devam ser outros.

Francisco A. de Azevedo disse...

Ao anônimo acima...

O Autor do texto fez mais algumas observações sobre o assunto, dirigido ao irmão "J", que posto agora como comentário.


De Eclayr gonzalez para - detalhes 17:06 (3 horas atrás)

Meu muito estimado irmão ....., boa tarde!

Fazendo referência ao assunto "Descanso Sabático", gostaria de fazer contigo, alguns comentários:

1) - Em primeiro lugar, creio que esse assunto, tu deves ter reenviado, vindo de alguém;
2) - Em segundo, o termo "Descanso Sabático", segundo a lingua portuguesa, chama-se: "Redundância"; Porquê?
3) - Sendo que Deus entregou as tábuas dos 10 Mandamentos a Moisés, que era "HEBREU", para levá-las ao povo de Israel, que era "HEBREU", Ele só poderia ter escrito em "HEBRAICO" - concordas?
4) - Como sabemos, a palavra "HEBRAICA" utilizada nos escritos "HEBRAICOS", referindo-se ao 7º dia da semana, que por sua vez, vinha logo após 6 (seis) dias trabalhados, foi a palavra "SHABAT", que segundo a enciclopédia Vikipédia, pode ser traduzida por: Descanso, Cessar, etc, sendo mais comunmente utilizada a palavra "DESCANSO". Diante de tal, Deus jamais escreveu "SÁBADO" como se chama em Portugues, nem "SATURDAY", como se chama em inglês, para a qual, a tradução seria "Dia de Saturno".

** - Se observarmos os escritos bíblicos, tanto em Gênesis, como nos evangelhos, os dias da semana, eram numerados e não eram apelidados como posteriormente o foram. (Domingo, segunda-feira, terça-feira...etc.).

5) - Jesus disse: "O SHABAT (descanso) foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do "Shabat" (descanso); Marcos 2 27.

** - Como podemos notar, há uma grande diferença no foco que era dado ao sétimo dia da semana, na época do Messias, e que ainda hoje é dado pelos grupos judaicos e pela IASD, onde nos é pregado que esse é um dia feito por causa de
Deus, quando Jesus deixou bem claro que foi: "POR CAUSA DO HOMEM"!

Meu querdo irmão, descubramos por nós mesmos o que a Palavra de Deus nos diz, e não nos deixemos ser conduzidos por outras mentes, ainda que aparentemente se mostrem ser "cordeiros", mas que interiormente podem ser "lobos devoradores", querendo nos manipular a seu bel prazer!

Não quero dizer que não devamos obedecer o 4º Mandamento, mas que devemos lê-lo conforme Deus nos passou, atraves de seu servo Moisés. E se nós o discecarmos (O 4º Mandamento), vamos ver que ele abrange muito mais do que apenas o sétimo dia, mas que nos dá responsabilidade em relação aos outros seis, e que inclue leis trabalhistas sociais, e inclusive manda que nossos animais (de
carga) também descansem nese dia. Assim sendo, em vez de diminuirmos o valor do 4º Mandamento, vamos ampliá-lo em um leque muito, mas muito mais abrangente!

Irmão ......, espero que me compreendas, e não me queiras mal, pos se fiz esses conentários, é porque te aprecio muito!

Teu irmão em Cristo

Eclayr

Anônimo disse...

Francisco,

Obrigado pela resposta, mas continuo achando que o argumento não é válido, mas, enfim, é somente uma forma de pensar e ver as coisas. Fui batizado na IASD em 2005 e hoje me considero afastado (apesar de ainda ir a alguns cultos)por não concordar com algumas doutrinas adventistas e isso gera conflitos internos e com a esposa, que ainda continua sendo adventista; peço que orem para que Deus me mostre a Sua vontade. Um abraço e que Deus abençoe.

Francisco A. de Azevedo disse...

Irmão Anônimo,

Saudações Cristãs!

Meu irmão! Está é a hora de ser Cristão. Tudo suportando, ou seja, sendo tolerante e agindo com muita paciência, pois a coisa mais importante é sua família unida, pois teus filhos precisam de vocês sendo uma só força.

Leia 1 Cor capítulo 13, onde fala do amor que tudo suporta.

Mesmo não sabendo seu nome, estou pedindo a Deus pela união de sua família.

Deus não os quer em conflito por causa de doutrinas. Deus os quer unidos em torno de Cristo, pois ele é a nossa esperança e a nossa Salvação.

As placas denominacionais de hoje se colocam em um lugar que não é delas, Dizendo que fora delas não há salvação; pois te digo! só não há salvação fora da Graça, bondade, perdão e misericórdia de Deus que há em Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, filho do Eterno.

Estudem a bíblia pedindo a luz do espírito de Deus!

Se tiveres filhos pequenos, é melhor estar no seio de uma Igreja do que em Igreja nenhuma.

Que Deus abençõe sua família!

Forte Abraço!

Seu irmão em Cristo,

Alberto.

Anônimo disse...

Comentário postado pelo SAYMON:

-----início-----
Entao pelo fato da lei ser entregue ao povo hebrel é so pra hebrel? caro irmao, deus é um deus so pra hebreus ou pra todo o resto do mundo? deus entao tem a sua patotinha, sua panelinha, onde so deles requerem obediencia? nao leste verso de tiago 2:10 onde é afirmado que a quebra de um mandamento é quebra de todos? ou nao viu a parte que a biblia fala quer a norma do juizo de deus será baseada nos dez mandamentos? ou simplismente nao leste o que cristo disse com respeito ao sabado , que ele foi feito por causa do "homem", jesus poderia ter dito por causas dos judeus, ou hebreus, nao sabes que quando a biblia se refere a homem é pra toda a humanindade? caro francisco, apenas uma leitura superficial nao mostra nada...quer saber o porque nao matamos quem transgride o sabado? por que quando o sabado tambem foi passado a povos gentios, que nao conheciam a guarda, que nao sabia como quardar o sabado, como nao tinha essa norma de vida, a morte a trangressores deste dia seria pra todos, por que ninguem sabia ocmo ter a guarda do sabado... agora o povo judeu nao, desde o principio ja conheciam este dia, nasciam guardando, era passado de geração essa pratica, se eles desobedesecem ai sim seria uma grande sacanagem para com deus, pois estaria fazendo de proposito. quando deus criou tudo em seis dias, adao e eva forma feito no sexto dia, adao poderia ter ido trabalhar ele nao tava cançado e por que nao foi? ele nao era hebreu ou judeu, há ele era grego,...o sabado foi feito na criançao o proprio deus descansou e ele nem precisava, dando o exemplo a todos e nao somente para o judeus como disse e nem para adv, é pra todos. se nao quer quarda da maneira que o proprio deus fez, entao é problema seu. nao sou perfeito mais tento guarda o sabado por amor a deus.

Por saymon em Casa sobre a rocha - Brasil e Mundo às 10:18
----- final------

O Comentáio foi editado pelo adminstrador do blog..

Francisco A. de Azevedo disse...

Resposta ao Saymon:

Saudações Cristãs!

Saymon você fez o comentário no texto "A casa sobre a rocha", por isto tive que tranferí-lo para cá, onde fala sobre o quarto mandamento.

Peço-lhe que não faça comentário todo em letras maiúsculas.


Não estou indo contra os sinais entre Deus e os Israelitas, contudo não devemos reivindicar dos Cristãos Gentios regras que nem Jesus e nem os Discíplulos deles reivindicaram.

Portanto penso que deves também ler e analizar por você mesmo pedindo a Luz ao Espírito de Deus para também entender melhor a bíblia e o que Deus requer de nós Cristãos gentios.

Peço-lhe que leia de novo todo o texto e não apenas partes e passando por cima das explicações, como se já soubesse de tudo.

Tente ver por outro ângulo que não seja o da apologia e do proselitismo de sua denominação religiosa, como se ela detivesse a verdade absoluta.

DE SEU INTERESSE:

Peço-lhe que vá aos links abaixo citados, abra os textos que são de seu interesse. Depois de lê-los com muito vagar e oração, volte e poste outros comentários.

São eles:

1 - A Profetisa em guerra
link:
http://www.adventistas-bereanos.com.br/arquivos.pdf/aprofetisaemguerra-odecretodominical.pdf

2 - A Ira da profeta - está em espanhol, mas usando o google tradutor dá para entender bem o que ocorreu
http://www.ellenwhiteexposed.com/espanol/whiteout6.htm

Obrigado pela visita!

Cordialmente,

Seu irmão Cristão,

Alberto.

Anônimo disse...

Bem, Cristão livre gostaria claro se fosse possível de poder saber o vosso nome.

Bem fazendo uma síntese, eis ai a resposta a sua exposição.
Segundo sua fonte a Wikipédia diz com relação à palavra sábado.

“A palavra sábado DERIVA do latim sabbatum, que por sua vez DERIVA do Shabat hebraico (שבת, transliterado como shabāt), que designa o dia de descanso entre os judeus e alguns grupos de cristãos, principalmente os adventistas”.

Grifos meus.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A1bado

Portanto Cristão Livre, a palavra “sábado” é de origem semítica (em hebraico šabbath, em assírio šabattu ou šapattu) significando propriamente “fim” ou “limite do tempo”.

Dela se derivou em hebraico o verbo šabath (em assírio šabatu ou šapatu) com a significação de “terminar”, “cessar” (em árabe “cortar” “cessar de fazer alguma coisa”) e daí “repousar”, “descansar”. O termo se aplica primariamente ao sétimo dia como limite da semana e como dia de repouso ou cessação do trabalho, donde vir a significar “repouso”, “descanso”.

Portanto não seria muito inteligente afirmar que ela tem origem no paganismo que á utilizou para adoração de seus deuses.
A sua própria fonte afirma isso, a Wikipédia.

“Povos pagãos antigos reverenciavam seus deuses, dedicando o dia de Sábado ao deus Saturno, o que originou em inglês a denominação Saturn's day, posteriormente abreviada para Saturday, e no holandês Zaterdag, com o significado de "Dia de Saturno"“.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A1bado

Portanto o sábado tem a sua origem na lingua semítica hebraica a sua própria fonte afirma isso.

Gentilmente:

Gênes Soares.

Anônimo disse...

Cristão Livre20 de novembro de 2012 13:15

Genês,

Vou pedir ao autor do texto para te responder, ok?
Responder

.

Francisco A. de Azevedo disse...

Genês,

Aqui está a resposta do Irmão Eclayr; penso que ele não tirou sua razão, quanto ao detalhe descoberto, ok?

Segue resposta:

Caros irmãos, estudiosos da Bíblia, e a Bíblia só!

Em relação ao 4ºandamento, em questão, tenho a dizer que para entender o que Deus colocou no mesmo, não precisamos nos aprofundar em grego, hebraico, aramaico, etc. Não precisamos estudar teologia, nem sermos teólogos ou PHD, apenas precisamos ser alfabetizados, e nos despojarmos de todos, mas todos mesmo, dos "conceitos pré-concebidos", encontrados por nós mesmos no passado, ou passados (Os conceitos) por "autoridades eclesiásticas", de qualquer denominação.
Apenas precisamos ter em mente que, como "A Lei foi dada por Deus aos hebreus, através de Moisés, no monte Sinai", ela só pode ter sido dada em hebraico. Como a questão é o 4ºandamento, e especialmente o fator: "Sábado", em portugues, só precisamos entender que Deus tenha colocado o termo hebraico "SHABAT" que segundo a enciclopédia livre Vikipédia, significa: "Descanso", "Repouso", "Cessar de"..
A partir daí, é só ler o que está escrito substituindo a palavra "SÁBADO" por "SHABAT", e por sua vez, lendo "DESCANSO OU REPOUSO":
Êxodo 20:8 - "Lembra-te do dia de "repouso" para o santificar".

Lembremos que à época, os dias semanais não tinham "nomes", (Domingo, Segunda, Terça, ...etc.), mas eram apenas numerados: 1º 2º 3º...etc;
Saibamos que também, no decorrer da história, houve semanas de 10 dias, na China, no Egito, e na França, (durante a Revolução Francesa), além de semanas com mais e com menos dias em certas culturas. Para certificar-se disso, é só fazer uma pesquiza no Google.

(Qual seria o dia de "DESCANSO" ou REPOUSO", do mandamento?)
A Bíblia responde;

Êxodo 20:9 e 10: "Seis dias trabalharás......Mas o sétimo dia, é o "DESCANSO" ou "REPOUSO" do Senhor teu Deus..."

Fica claro que, não existindo nenhum dia com o nome de sábado, e havendo culturas com semanas diferenciadas, Deus precisava deixar bem claro qual seria, ou quais seriam do dias de "DESCANSO" para Seu povo.

Surge a pergunta inevitável: "ENTÃO O "SHABAT" PODE CAIR EM QUALQUER DIA DA ATUAL SEMANA"?
Surge outra pergunta: "SE ALGUÉM TRABALHAR MENOS DE SEIS DIAS, e parar no dia chamado "sábado", guardou o 4ºandamento?

Cada um consulte sua própria conciência. Mas como eu digo: "A sua" não a dos outros!
Oremos, e peçamos que o Espírito de Deus nos ilumine, e nos isente dos "Conceitos pré concebidos"!
Eu não vou dar essa resposta, pois esta parece estar muito bem determinada na própria Lei!

Que Deus nos ilumine.

Eclayr
eclayrgonzalez@hotmail.com